Publicado em 28 de Julho de 2021 | 08h53m

Cachaça e água fria são segredos para massa de pastel caseira

Já fez pastel em casa? Mas nada como o prazer de fazer tudo do zero e poder abrir um sorriso ao obter um bom resultado.


Angelo Terto



Com ajuda do chef Giovanni Renê, que faz pratos autorais e brasileiros no DAVO Cozinha, em São Paulo. Ele nos passou o passo a passo e dicas para preparar uma massa caseira crocante.

Spoiler: é mais fácil do que você imagina.

Opte pela farinha de trigo 00, que tem alto nível de proteínas e deixa a massa leve e sequinha. Misture 5 xícaras com uma colher de sopa de sal e deixe descansar por vinte minutos.

Passado o tempo, abra um buraco no meio e adicione dois copos americanos de água fria. Segundo o chef, é importante se atentar para a temperatura do líquido para equilibrar o calor que será passado pelas mãos durante o processo de sova.

'Assim o pastel infla e fica estufadinho, do jeito que gostamos'

Adicione uma colher de sopa de óleo de milho. Junte tudo e mexa até obter uma mistura homogênea. Nesta hora, o pulo do gato está em colocar uma dose de cachaça (50 mililitros).

"Ela dá acidez e desidrata, o que ajuda a deixar a massa mais crocante e sequinha. Também é possível substituir por algum outro destilado como vodca", diz. Misture novamente, cubra a massa com um pano molhado e espere 30 minutos. "Alem de não grudar, o pano molhado é mais pesado e ajuda na fermentação da massa".

Dado o tempo, abra a massa sobre uma bancada enfarinhada com meia xícara de chá de farinha de sêmola. Sempre que necessário, polvilhe mais farinha sobre a superfície de trabalho.

Corte do tamanho que desejar e recheie como preferir — confira ao fim da matéria a receita de creme de camarão. Para fechar, utilize um garfo levemente molhado. Ele fará com que as extremidades fiquem seladas e não abram durante a fritura.

Em uma panela grande, coloque óleo vegetal (Giovanni usa o de algodão) e aqueça até chegar a 180 graus. Não tem termômetro? Use o bom e velho truque de jogar um pouquinho de farinha e veja se subirão bolhinhas. Em caso positivo, está pronto para usar.

Atenção: o recomendado é fritar o salgado de pouco em pouco, de acordo com o tamanho da sua panela, para não esfriar o óleo nem encharcar o pastel.

Antes de servir, deixe o pastel descansar sobre uma grade ou um prato com papel toalha para escorrer o restinho de gordura.

Fonte: UOL  







COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE