Seja bem vindo
Nova Andradina,20/07/2024

  • A +
  • A -

Navio que saiu de Santos foi interceptado com 4,5 toneladas de cocaína nas Ilhas Canárias

Fonte: g1.globo.com
Navio que saiu de Santos foi interceptado com 4,5 toneladas de cocaína nas Ilhas Canárias


Droga estava declarada oficialmente como café. Toda a tripulação, composta por albaneses e paquistaneses, foi presa pela guarda civil da Espanha. Navio que saiu de Santos foi interceptado com 4,5 toneladas de cocaína
A Guarda Civil da Espanha interceptou um navio cargueiro contendo 4,5 toneladas de cocaína próximo as Ilhas Canárias e prendeu os 15 tripulantes da embarcação. Apreensão ocorreu no dia 18 de janeiro.
O cargueiro chamado “Blume” opera sob a bandeira de Togo. O navio saiu do Porto de Santos, em São Paulo, no dia 20 de dezembro, segundo o site Marine Traffic. O destino era Riga, na Lituânia.
A guarda civil espanhola não informou se o navio foi abastecido com a droga no Brasil.
Guarda civil da Espanha mostra as 4,5 toneladas de cocaína que foram interceptadas em navio que saiu do Brasil
Guardia Civil/Divulgação
Interceptação nas Ilhas Canárias
A operação, que contou com ajuda de diversas entidades internacionais, começou com o alerta do possível envolvimento da embarcação com o tráfico de drogas na América do Sul.
Como resultado, a vigilância aduaneira espanhola identificou qual seria o navio e fez a abordagem na madrugada do dia 18.
A mercadoria oficialmente declarada era de 200 toneladas de café, bem abaixo da capacidade real de carga do navio, o que chamou a atenção dos funcionários encarregados da operação.
Ao inspecionarem o cargueiro, encontraram a droga escondida.
Dos 15 tripulantes do navio, dois eram albaneses e 13 paquistaneses. Todos foram detidos e encaminhados para o porto de Santa Cruz de Tenerife, na Espanha.
Transbordo de carga
A guarda civil informou que as condições do embarque foram muito complicadas devido à situação do mar e às grandes dimensões do barco. Apesar disso, a rápida atuação impediu um eventual transbordo de drogas para outras embarcações, o que teria comprometido a apreensão.
Esta operação atuou na região que é conhecida como "Rota do Atlântico da Cocaína”, uma região no meio do Oceano Atlântico utilizada por barcos de pesca, mercadores e cargueiros para passar a carga de drogas de uma embarcação para outra e posteriormente levar a substância para o continente europeu.
Guarda civil da Espanha apreende navio com 4,5 toneladas de cocaína que saiu do Brasil
Guardia Civil/Divulgação




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login