Publicado em 11 de Setembro de 2018 | 07h39m

Pabllo Vittar se revolta com dono de marca que declarou apoio a Bolsonaro e cancela parceria


Angelo Terto



Pabllo Vittar não gostou nada de ver o dono de uma marca de produtos que divulga em suas redes sociais declarando apoio a Jair Bolsonaro, candidato à Presidência pelo PSL. Conhecido representante dos LGBT’s, Pabllo anunciou no último dia (01/09) o fim da parceria com a marca Victor Vicenzza, e explicou em uma rede social o porquê de ter tomado essa decisão.

“Desde o início da minha carreira, sempre soube que seria muito difícil conseguir apoio de marcas que queriam se relacionar com uma artista LGBTQIA+ drag que sou. Muitas portas se fecharam, mas algumas se abriram e com isso trabalhei até então com parceiros que sou muito grata. Deixo aqui meu agradecimento de apoio até agora, mas não poderia aliar meu trabalho a um discurso que deixa claro não se importar com os diretos humanos de toda comunidade LGBTQIA+, da qual faço parte”, escreveu o cantor em uma série de stories no Instagram.

 

 

Pabllo Vittar (Foto: Reprodução)

Pabllo ainda fez uma ressalva para caso alguém ainda veja seu rosto associado à marca. “Adianto que foram produzidos alguns trabalhos já finalizados e distribuídos digitalmente, desse meu novo álbum que contém peças de marcas que, a partir de agora, não vinculo mais a minha imagem”, disse.

A loja, que foi acusada de se aproveitar do público gay para lucrar, se manifestou com a fala do dono. “Luto contra todo tipo de preconceito desde a criação desta empresa. Isso não mudou e não mudará! A campanha Shinning teve exatamente esse objetivo! Prezo pela honestidade, transparência, ética e moral”, disse o empresário, que ainda justificou seu voto. “Acredito que o Bolsonaro é o único candidato apropriado para liderar esta nação. Dessa forma, decidi apoiar publicamente a candidatura de Jair Messias Bolsonaro”, destacou.

Foto: Reprodução

“Quero deixar claro minha opinião. Para que a minha, ou qualquer outra empresa, continue operando de forma sustentável, é necessário lutar contra todas as ideologia socialistas e comunistas que invadiram nosso país. Sendo assim, aproveito para posicionar-me”, prosseguiu Victor.

TV FOCO







COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE