Publicado em 13 de Setembro de 2018 | 06h36m

Após protagonizar beijo gay, Juliano Laham se pronuncia sobre o assunto e comemora


Angelo Terto



Após o sucesso do casal gay Luccino (Juliano Laham) e Otávio (Pedro Henrique Müller) na atual novela das 18h, Orgulho e Paixão, a Globo apimentou ainda mais a relação entre os dois com um beijo gay que foi ao ar hoje, 12 de setembro, na trama assinada por Marcos Bernstein.

Na cena, os pombinhos conversaram sobre o futuro do relacionamento. O italiano afirmou que ficará triste com o retorno do namorado ao quartel. Após uma sequência de frases românticas e declarações, o personagem de Laham puxa o rosto do namorado e o beija pela primeira vez. Otávio, no entanto, acaba se assustando.

“Que loucura que eu fiz? Onde eu estava com a cabeça, Luccino? Eu deixei o Randolfo (Miguel Rômulo) sozinho com os meus soldados”, diz Otávio, que sai em disparada ao quartel, completamente envergonhado por beijar o namorado. Por meio de suas redes sociais, Juliano Laham comentou sobre o beijo gay.

“O Luccino é um presente pra mim. Estou muito feliz de poder contar essa história de amor de uma forma tão pura, genuína e carinhosa. Esse marco (beijo) no romance dos dois personagens foi o melhor que podia ter acontecido pro casal #Lutavio. Espero que com cenas de amor como essa a gente consiga mudar ou quem sabe até reeducar as pessoas no quesito respeito ao próximo. É só amor”, disse ele.

“Sobre a repercussão, ainda não consegui acompanhar muito a de hj por estar gravando. Mas estamos muito felizes com a torcida pelo casal #Lutavio. Torço pelo dia em que vamos comemorar apenas mais um casal na novela. E que o beijo seja apenas mais um beijo. Por enquanto esse beijo é mais que necessário!”, declarou ele.

TV FOCO







COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE