Publicado em 9 de Setembro de 2019 | 09h34m

Bethel 7, Sementes de Acácia, de Nova Andradina, realiza palestra de prevenção ao suicídio


Angelo Terto



A palestra aconteceu na última quinta-feira (05), na Loja Maçônica Tiyokaio Oshiro, sendo direcionada para as filhas de Jó, e seus pais. Quem ministrou a palestra a convite da organização, foi o psicólogo Carlos Augusto Simões. “Falar é a melhor solução”. Evento faz parte da campanha, "Setembro Amarelo", mês dedicado ao combate e a prevenção ao suicídio.

As Filhas de Jó Internacional, ou apenas Filhas de Jó é uma Ordem sem fins lucrativos, discreta e de princípios fraternais, filosóficos e filantrópicos, apoiada pela Maçonaria e destinada a jovens do sexo feminino entre 10 e 20 anos (incompletos), visando ao aperfeiçoamento do caráter, por meio do desenvolvimento moral e espiritual encontrados nas Sagradas Escrituras, da lealdade para com a bandeira do seu país, do amor filial e do serviço à comunidade.

Fundada por Ethel T. Wead Mick, em 20 de outubro de 1920, na cidade de Omaha, no Estado de Nebraska, Estados Unidos, possui como base o capítulo 42, versículo 15 do Livro de Jó: "Em toda a Terra não se encontraram mulheres mais justas que as filhas de Jó e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos".

Fotos: Divulgação

 

 









COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE